Friday, December 6, 2019 03:32

1º Fórum Mundial Niemeyer

 1º Fórum Mundial Niemeyer

Em parceria com a Onu-Habitat, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo - CAU-RJ e o Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB-RJ tem como foco resgatar e estreitar,

Rio de Janeiro

Entre os temas que serão discutidos estão os desafios das cidades contemporâneas dos países em desenvolvimento, que vêm conquistando um maior espaço na geopolítica internacional

Um dos principais cartões postais do mundo, o Rio de Janeiro, será o centro de discussão da arquitetura mundial. Entre os dias 16 e 21 de outubro, a cidade será o palco do 1º Fórum Mundial Niemeyer - em parceria com a ONU-HABITAT, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-RJ) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) - que tem como foco resgatar e estreitar, novamente, a relação das pessoas com a arquitetura. A iniciativa é do arquiteto Paulo Sérgio Niemeyer, bisneto do mestre Oscar Niemeyer e atual presidente do Instituto Niemeyer de Políticas Urbanas, Científicas e Culturais.

"O Brasil é um país extremamente diverso e riquíssimo culturalmente. Sinto que a arquitetura brasileira, no entanto, tem perdido o protagonismo que tinha como representante dessa rica identidade cultural, ao mesmo tempo em que tem perdido relevância, dentro da arquitetura, um de seus principais pilares, que é o foco em seu caráter social. A responsabilidade dos arquitetos e urbanistas com a justiça social, sempre foi à questão que mais movia meu bisavô, algo que sempre teve presença marcante nos seus projetos. Fundei com ele o Instituto para perpetuar essa luta e agora é nossa responsabilidade dar continuidade a este legado", diz Paulo Sergio Niemeyer.

Entre os temas que serão discutidos por profissionais internacionais das áreas de arquitetura, urbanismo, sustentabilidade e ambiental, bem como instituições afins, estão os desafios das cidades contemporâneas dos países em desenvolvimento, que vêm conquistando um maior espaço na geopolítica internacional. Mobilidade urbana inclusiva, acessibilidade segundo os princípios do desenho universal, sustentabilidade, o uso de energias limpas, renováveis e alternativas, assim como a reciclagem dos materiais do nosso cotidiano estarão diretamente ligados à integração de novas tecnologias, arte, sociedade e humanidades, valorizando as produções da indústria criativa.

"É importante ressaltar que o nosso propósito vai muito além da realização de um evento. Nossa ideia é reunir a sociedade, instituições e organizações públicas e privadas para discutir sobre questões urbanas, elaborar propostas práticas e, em conjunto com a sociedade, colaborar efetivamente pela criação de um mundo melhor, mais solidário e humano", finaliza.

 

Data de Realização do Evento: 
15/10/2018 05:00 - 21/10/2018 21:00